24 ago 2020

A OMS recomenda que a população seja testada em larga escala para ajudar a controlar a disseminação viral através da identificação do perfil epidemiológico da população. O teste serve para identificar e informar se as políticas implantadas estão sendo eficazes para controlar a disseminação viral além promover o funcionamento adequado da sua empresa.

Sem o acompanhamento de estratégias agressivas de detecção de casos de Covid-19 as medidas de isolamento social, que são muito caras e restritivas, serão pouco eficazes.

Um estudo promovido pelo Instituto Fleury e pela Ibope Inteligência testou 520 pessoas e 5% delas tinham anticorpos para COVID-19. Estudos com testes sorológicos são importantes porque ajudam a avaliar se uma determinada população está próxima ou distante da chamada “imunidade de rebanho”.

Leia também: Entenda melhor o teste rápido de Covid-19

Segundo o parasitologista e diretor do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília (IB-UnB), Jaime Martins de Santana. “Só vamos saber a extensão da infecção da população brasileira com a aplicação dos testes rápidos imunológicos para a detecção de anticorpos no sangue das pessoas. Por enquanto, com as condições atuais, só estamos vendo a ponta do iceberg”.

Sendo assim, quando conhecemos o perfil epidemiológico da nossa população conseguimos controlar as medidas restritivas de maneira mais eficaz promovendo o funcionamento adequado dos estabelecimentos e a segurança de todos.

Podendo então retomar gradualmente a economia, lazer e entretenimento.

 

 

Referência: Uol

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail