29 nov 2018

Causado pelo vírus Morbillivirus o sarampo é uma doença infecto-contagiosa e é uma das maiores causas de mortalidade infantil em países sub-desenvolvidos.

Após receber um certificado em 2016 da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) de eliminação da circulação do vírus, esse ano o Brasil enfrenta surtos de sarampo em Roraima e no Amazonas.

Confira informações atualizadas sobre os surtos de sarampo que estão acontecendo no Brasil em 2018.

 

Força-tarefa no Amazonas encerrou casos que estavam em investigação no Amazonas.

 

Rio Grande do Sul é o terceiro estado em número de casos de sarampo — Foto: Cristine Rochol/Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Foram confirmados 10.163 casos de sarampo no Brasil desde o início de 2018. O novo balanço foi divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Ministério da Saúde. O país enfrenta dois surtos da doença, um no Amazonas e outro em Roraima.

Uma força-tarefa foi feita em Manaus para tentar verificar os casos em investigação da doença. Mais de 7 mil suspeitas de sarampo precisavam ser esclarecidas, mas, de acordo com a pasta, o Amazonas zerou a “fila” dos registros. O pico do número de infecções do estado ocorreu entre os meses de julho e agosto; em Roraima, entre fevereiro e abril.

Ainda segundo o boletim do ministério, três estados apresentaram mortes pela doença: quatro em Roraima, seis no Amazonas e dois no Pará.

Os surtos ocorridos no Brasil estão ligados à importação do genótico do vírus (D8) da Venezuela, país vizinho com um alto número de casos desde 2017.

 

Meta de vacinação

O Brasil atingiu a meta geral de vacinação de crianças contra sarampo e poliomelite estabelecida pelo Ministério da Saúde. A taxa proposta pelo governo era vacinar 95% do público-alvo (crianças de 1 a cinco anos).

Segundo o balanço final, a cobertura vacinal ficou em 95,4% para a pólio e 95,3% para sarampo, totalizando 10,7 milhões de crianças vacinadas.

Porém, 516 mil crianças não receberam as doses recomendadas. A única faixa etária que não chegou ao índice de 95% foi a de um ano de idade, cuja cobertura está em 88%. Apesar do fim da campanha, a vacina continua disponível o ano inteiro nos postos de saúde.

 

Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar — Foto: Infografia: Karina Almeida/G1

 

Fontes: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2018/11/28/sarampo-numero-de-casos-confirmados-passa-de-10-mil-no-brasil-diz-ministerio.ghtml

https://www.minhavida.com.br/saude/temas/sarampo

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail