13 abr 2021
DTPA + IPV

Conheça as indicações, bem como as contraindicações e saiba quais são os benefícios e os possíveis efeitos colaterais da vacina DTPA + IPV

vacina DTPA + IPV é utilizada para reduzir os casos de difteria, tétano, coqueluche e poliomielite, e é aplicada em crianças a partir dos 3 anos de idade e em adolescentes e adultos, para o reforço da imunização a cada 10 anos.

Para se ter uma ideia do panorama de casos de coqueluche, por exemplo, entre 2018 e 2019, o Sistema de Agravos de Notificação (SINAN) recebeu mais de 13 mil casos suspeitos da doença, sendo que 3.676 foram confirmados, de acordo com o Ministério da Saúde.

Destes casos, segundo o mesmo documento, os estados de São Paulo, Pernambuco, Paraná e Minas Gerais registraram o maior número de pacientes com coqueluche.

Vale destacar que a enfermidade se manifesta por meio de uma tosse com muitas semanas de duração, que é iniciada de maneira branda junto com a coriza leve e, em seguida, se intensifica e se apresenta na forma de acessos, seguida de ruído respiratório, característico da doença e denominado de “guincho”.

Diante disso, a vacina DTPA + IPV é uma das principais maneiras de evitar a coqueluche e outras enfermidades. Saiba mais sobre a imunização.

Leia mais: Vacina herpes zóster: tudo o que você precisa saber

Conheça as principais características da Vacina DTPA + IPV

Composição

vacina DTPA + IPV é um imunizante inativado, formulado com os toxóides diftérico e tetânico (produzidas pelas bactérias causadoras das doenças), componentes da cápsula da bactéria da coqueluche, vírus da poliomielite inativados tipos 1, 2 e 3, sal de alumínio como adjuvante, 2-fenoxietanol, polissorbato 80, cloreto de sódio e água para aplicação.

Indicações

A partir de diversas evidências científicas, a infecção pela B. pertussis (coqueluche) não confere imunidade duradoura. Por isso, a vacinação deve ser realizada a cada 10 anos e a primeira dose deve ser administrada em crianças entre 3 e 4 anos de idade.

Ainda é importante destacar que, na prática, após 1 ano da aplicação da vacina DTPA + IPV, a proteção contra casos graves de coqueluche é próxima a 100%, o que demonstra que a imunização é um importante aliado contra a enfermidade.

Contraindicações

Pessoas que apresentaram anafilaxia após uso de componentes da vacina ou dose anterior não devem receber a vacina DTPA + IPV.

Efeitos colaterais

Ao receberem a imunização, algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais, como:

  • Cefaleia

  • Sonolência

  • Dor, vermelhidão e inchaço no local da aplicação

  • Perda de apetite

  • Irritação

  • Febre

Em alguns casos raros, podem ocorrer reações como o aumento dos gânglios, qualidade ruim de sono, apatia, garganta seca, diarreia, vômito, dor abdominal, náusea e cansaço.

Leia também: Conheça todos os processos para o desenvolvimento da vacina da COVID-19

Conte com a VIP Imune para cumprir o calendário de imunização

Agora que você já conhece as principais características da vacina DTPA + IPV, é importante cumprir o calendário de vacinação e imunização em uma instituição competente e comprometida com o bem-estar dos pacientes como a Vip Imune.

Contamos com uma equipe qualificada e atenciosa na área de imunização, corporativa e familiar, e com profissionais experientes, o que resulta em um atendimento humanizado e completo para todas as pessoas, desde bebês até a terceira idade.

Entre em contato com os nossos profissionais e saiba mais!