05 maio 2021
crises alérgicas

Desde evitar dormir com animais de estimação até escolher o melhor horário para prática de exercícios físicos, entenda como é possível evitar crises alérgicas

As crises alérgicas são um verdadeiro desafio para quem sofre com esse problema, já que esses “ataques” causam diversos contratempos, como nariz entupido, coceira nos olhos e tosse, por exemplo.

Nesse sentido, no dia 07 de maio, é comemorado o Dia Nacional de Prevenção à Alergia, em que profissionais da saúde e pacientes se unem para debater o tema e desenvolver ações de prevenção.

Vale destacar ainda que, segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS – 40% da população mundial sofre com algum tipo de alergia.

Por isso, preparamos esse conteúdo com as melhores práticas para evitar as crises alérgicas. Confira a seguir!

Leia também: Conheça as principais dicas para a saúde da mulher

Conheça as melhores ações para evitar crises alérgicas

Evite o contato com a causa da alergia

A melhor maneira para prevenir as crises alérgicas é evitar o contato com a causa do problema.

Neste caso, adotar alguns hábitos é fundamental para minimizar possíveis reações alérgicas. Confira:

  • Mantenha os ambientes limpos

  • Evite o acúmulo de poeira

  • Não fume

  • Se hidrate adequadamente

  • Tenha uma dieta equilibrada e rica em vitaminas e nutrientes

  • Tome sol para fazer a manutenção da vitamina D

  • Evite aromas e cheiros fortes

Utilize um purificador de ar

Lançar mão de purificadores de ar e filtros de ambientes também auxilia a remover o pólen, pelos de animais, poeiras e outros inimigos dos alérgicos.

Escolha o horário ideal para prática de atividades físicas

O horário para as atividades físicas deve ser escolhido com cuidado, já que, os alérgicos que desejam praticar exercícios ao ar livre, por exemplo, precisam evitar os períodos da manhã e da tarde, em que a qualidade do ar pode provocar crises alérgicas.

Não durma com animais de estimação

Pessoas com alergia ainda devem evitar dormir com cães, gatos e qualquer outro animal de estimação.

Isso se deve ao fato de que esses animais podem trazer pólen, poeira, mofo, outros ácaros, além de soltarem pelos finos que incomodam quem tem rinite, por exemplo.

Evite carpetes

Por falar em pelos, é importante evitar carpete e optar por pisos frios com no máximo um tapete que possa ser lavado periodicamente.

O carpete e outros tapetes com muitos pelos também podem provocar crises alérgicas a quem sofre esses problemas.

Você pode se interessar por: Depressão pós-parto: conheça as causas, sintomas e o tratamento

Conheça a Vip Imune

Atualmente, já existem vacinas que estimulam a formação de defesas próprias e anticorpos específicos contra as causas de crises alérgicas. Estudos comprovam que a vacina contra a rinite é eficaz em 80% dos casos, por exemplo.

Para ficar por dentro das informações sobre esses imunizantes e saber se é compatível com o seu tipo de alergia, é preciso ter uma instituição de saúde de confiança.

Neste caso, a Vip Imune promove a vacinação familiar e corporativa, a partir de uma equipe qualificada, experiente e atenciosa para proporcionar atendimento humanizado e completo para todas as pessoas, desde bebês até terceira idade.

Entre em contato com os nossos profissionais e saiba mais!