21 jun 2021
Prevenir a gripe

Desde a higiene básica, prática de exercícios físicos, até a vacina, conheça as melhores práticas para prevenir a gripe

A partir da chegada das estações do ano com temperaturas mais baixas no Brasil, prevenir a gripe é importante para evitar complicações e garantir a manutenção da saúde.

Nesse sentido, a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a gripe um dos grandes desafios no mundo inteiro, já que essa enfermidade registra de 3 a 5 milhões de casos graves anualmente e de 250 a 500 mil óbitos.

Por isso, todos os anos, a organização indica os principais vírus causadores de gripe para que os países ofereçam a vacina e evitem os casos da doença.

No entanto, além da vacina, existem outras práticas importantes que as pessoas devem seguir para evitar esse tipo de enfermidade.

A partir disso, preparamos esse conteúdo com as principais dicas para prevenir a gripe. Confira a seguir!

Leia também: Conheça todos os processos para o desenvolvimento da vacina da COVID-19

Conheça as melhores práticas para prevenir a gripe

1. Mantenha as mãos sempre higienizadas

A primeira dica parece simples, mas é fundamental para evitar a gripe e suas possíveis complicações.

Neste caso, é importante lavar as mãos frequentemente, utilizar álcool em gel e evitar manipular a boca ou nariz sem a higienização prévia.

2. Utilize máscara

Em seguida, também é necessário a utilização da máscara, principalmente em tempos de coronavírus, já que a proteção ajuda a evitar que as pessoas contraiam a gripe, ou ainda, a disseminá-la caso estejam infectadas.

3. Pratique exercícios físicos

Como se sabe, a prática de atividades físicas é essencial para garantir saúde, qualidade de vida e longevidade. E uma rotina de exercícios também colabora para prevenir a gripe.

Por isso, não fique parado. Ainda que dentro de casa, coloque no seu dia a dia alguma atividade física que te agrade e te ajude a se manter saudável.

4. Mantenha uma dieta equilibrada e saudável

Por falar em saudável, garantir uma dieta equilibrada também é importante para prevenção da gripe e de outras doenças, principalmente diabetes e os problemas de coração, por exemplo.

Neste caso, evite o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, doces, frituras e inclua na sua alimentação boas fontes de fibras, carboidratos, proteínas e gorduras.

Caso tenha dificuldade, buscar a ajuda de um especialista, como um nutricionista, pode te ajudar.

5. Tome a vacina da gripe

Por fim, a vacina da gripe é crucial para evitar a doença. Desta maneira, procure uma instituição de saúde de confiança para receber a dose única do imunizante.

Você pode se interessar por: SARS: entenda o que é a síndrome respiratória aguda

Conheça a Vip Imune

Como visto, existem algumas boas práticas que ajudam a prevenir a gripe, entretanto, a vacina é uma das principais soluções para evitar a enfermidade.

Por isso, apesar do Ministério da Saúde fornecer a vacina da gripe gratuitamente, o imunizante não contempla todas as cepas da influenza B.

Já a vacina da gripe ofertada na rede particular é tetravalente e inclui uma cepa a mais do vírus influenza B. Assim, é importante contar com uma instituição de saúde privada de confiança.

Para atender a essa demanda, a Vip Imune tem a proposta de atuar na imunização familiar e corporativa, agregando valor, qualidade e informação a todos.

Contamos com uma equipe qualificada e atenciosa na área de imunização e com profissionais experientes, o que resulta em um atendimento humanizado e completo para todas as pessoas, desde bebês até terceira idade.

Entre em contato com os nossos profissionais e programe sua vacinação.

14 jun 2021
Vacinação na adolescência

Saiba quais são os principais imunizantes e conheça os reforços necessários sobre a vacinação na adolescência.

Após o período de infância, em que as crianças tomam diversos imunizantes de acordo com o calendário estipulado pelo Ministério da Saúde, a vacinação na adolescência, muitas vezes, é deixada para trás.

No entanto, neste período da vida, é essencial reforçar as defesas do organismo e evitar doenças como difteria, tétano, hepatite e até HPV, por exemplo.

Por isso, para reforçar a importância dos imunizantes, preparamos esse conteúdo com os principais tópicos de relevância sobre a vacinação na adolescência. Confira!

Leia também: Conheça todos os processos para o desenvolvimento da vacina da COVID-19

Conheça a importância da vacinação na adolescência

1. Completar as imunizações que faltaram na infância

Entre os 11 e os 19 anos de idade, existem poucos imunizantes que os jovens precisam receber. No entanto, caso tenham deixado de tomar alguma vacina no período da infância, é preciso completar a caderneta de vacinação, mesmo que atrasados, como a imunização para:

  • Hepatite A

  • Hepatite B

  • Tríplice Viral

  • Varicela

  • Febre Amarela

Isso se deve ao fato de que, na infância, recebemos as principais vacinas para evitar diversas doenças graves e, por isso, a imunização deve ser aplicada, ainda que fora do período ideal indicado pelo Ministério da Saúde.

2. Reforço de doses importantes

Além disso, a vacinação na adolescência é fundamental para reforçar doses de imunizantes importantes que perdem efeito com o tempo, como tétano e difteria, por exemplo.

Assim, os jovens garantem o reforço que o organismo precisa para combater essas enfermidades, caso seja necessário.

3. Proteção contra doenças perigosas

Por fim, para os jovens, entre 11 e 19 anos, que estão com o calendário de imunização em dia e já, inclusive, receberam os reforços necessários, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm) indicam as seguintes vacinas:

  • dpaT

  • HPV

  • Influenza

  • Meningite A-C-W135-Y

Você pode se interessar por: Tire suas dúvidas sobre a vacina DTPA + IPV

Conte com a Vip Imune para a vacinação na adolescência

Vale destacar que, apesar do Ministério da Saúde disponibilizar a maioria dos imunizantes de maneira gratuita, existem alguns que só é oferecido na rede particular, como a de meningite quadrivalente, ou A-C-W135-Y, por exemplo.

Por isso, é fundamental conhecer uma instituição de saúde que não só oferece a vacinação na adolescência, como promove todas as imunizações previstas pelo Ministério da Saúde, desde o nascimento até a terceira idade.

Nesse sentido, a Vip Imune promove a vacinação familiar e corporativa, a partir de uma equipe qualificada, experiente e atenciosa para proporcionar atendimento humanizado e completo para pessoas de todas as idades.

Entre em contato com os nossos profissionais e programe a sua imunização.

07 jun 2021
Vacina da gripe

Entenda como funciona, as possíveis reações, onde tomar e para quem é indicada a vacina da gripe

Apesar do isolamento social provocado pelo coronavírus, a recomendação do Ministério da Saúde é que a população mantenha o calendário de imunização em dia e, inclusive, receba a vacina da gripe.

Vale destacar que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), são registrados de 3 a 5 milhões de casos graves de gripe por ano e de 250 a 500 mil mortes no mundo.

Nesse sentido, a vacina da gripe reforça o organismo para combater o vírus influenza e os seus subtipos H1N1 e H3N2, que costumam circular com mais intensidade no Brasil a partir de março.

Além disso, alguns estudos iniciais, desenvolvidos pela Universidade de Michigan e divulgados no American Journal of Infection Control (AJIC), indicam que a vacina da gripe pode proporcionar até algum nível de proteção contra a COVID-19.

Por isso, preparamos esse conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre a vacina da gripe. Confira!

Leia também: Conheça todos os processos para o desenvolvimento da vacina da COVID-19

Entenda como funciona a vacina da gripe

vacina da gripe contém algumas proteínas do vírus inativado, no caso o influenza e seus principais subtipos, que, quando entram em contato com as células de um organismo, provocam resposta imunológica e anticorpos para esse patógeno.

Desta maneira, caso o vírus entre em contato com esse organismo imunizado, a defesa é reativada por meio da memória do sistema imunológico, que elimina a ameaça antes que provoque a doença.

Você pode se interessar por: Tire suas dúvidas sobre a vacina DTPA + IPV

Saiba quem deve tomar a vacina da gripe

vacina da gripe deve ser aplicada na maior quantidade possível de pessoas, independentemente de sua faixa-etária.

No entanto, a recomendação é de que pessoas que têm maior probabilidade de entrar em contato com o vírus da gripe, e desenvolver sintomas e até complicações, recebam as doses do imunizante com prioridade.

Por esse motivo, o calendário de vacinação estabelecido pelo ministério da saúde foi dividido em três etapas:

  • 1ª etapa – de 12/04 a 10/05: crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde

  • 2ª etapa – de 11/05 a 08/06: idosos e professores

  • 3ª etapa – de 09/06 a 09/07: demais grupos

Saiba mais: SARS: entenda o que é a síndrome respiratória aguda

Confira qual é o tempo para imunização após a aplicação da vacina

vacina da gripe é aplicada em dose única e tem seu processo completo de imunização entre 10 e 15 dias após a aplicação, com duração de aproximadamente um ano.

Veja: Saiba como prevenir as crises alérgicas

Conheça as reações e efeitos colaterais do imunizante

Não existem efeitos colaterais provenientes da vacina da gripe, entretanto, algumas reações comuns podem acontecer, como:

  • Dor no local da aplicação

  • Vermelhidão

  • Inchaço

  • Febre baixa

É importante destacar que a vacina da gripe não causa a doença, por isso, febre alta, dor no corpo e nariz entupido não são sintomas de reação ao imunizante.

Leia mais: Calendário Vacinal Atrasado Durante A Pandemia: O Que Fazer

Conte com a VIP Imune

Apesar do Ministério da Saúde fornecer a vacina da gripe gratuitamente à população, o imunizante não contempla todas as cepas da influenza B, por exemplo, apenas as principais.

Já a vacina da gripe disponibilizada na rede particular é tetravalente e inclui uma cepa a mais do vírus influenza B. Por isso, é importante conhecer uma instituição de saúde privada de confiança.

Neste caso, a Vip Imune foi idealizada e planejada com a proposta de atuar na imunização familiar e corporativa, agregando valor, qualidade e informação a todos.

Contamos com uma equipe qualificada e atenciosa na área de imunização e com profissionais experientes, o que resulta em um atendimento humanizado e completo para todas as pessoas, desde bebês até terceira idade.

Entre em contato com os nossos profissionais e programe sua imunização, de acordo com o calendário de vacinação.