28 jul 2021

O Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais é celebrado em 28 de julho. Saiba mais sobre a doença!

As hepatites virais são doenças que atingem milhões de pessoas todos os anos ao redor do mundo e atacam principalmente o fígado.

Para se ter ideia, de acordo com a Organização Mundial de Saúde – OMS2 bilhões de pessoas já tiveram contato com o vírus da hepatite B em todo o mundo, sendo que mais de 300 milhões tornaram-se pacientes crônicos, enquanto a hepatite C atinge 170 milhões.

Ainda de acordo com dados da OMS, no Brasil, aproximadamente 2 milhões de pessoas são portadoras crônicas do tipo B e mais 3 milhões do C.

Geralmente, os sintomas das hepatites virais são cansaço, febre, tonturas, enjoo, vômitos, dores abdominais, pele e olhos amarelados.

Para ajudar a entender todas as características das hepatites virais, bem como os métodos preventivos, preparamos esse conteúdo completo sobre a doença. Saiba mais a seguir!

Leia também:

Conheça os principais tipos de hepatites virais

Hepatite A

A hepatite A é transmitida por meio da ingestão de água ou alimentos contaminados, principalmente em crianças entre 5 a 13 anos de idade.

Para evitar esse tipo da doença, é importante lavar bem os alimentos crus e deixá-los de molho em solução preparada com água sanitária.

Além disso, é fundamental lavar as mãos após a utilização do banheiro e antes do preparo das refeições.

Por fim, manter uma dieta saudável e equilibrada é crucial para se prevenir contra o vírus da hepatite A.

Hepatite B

Já o tipo B acomete as pessoas por meio de sangue ou tecido contaminado, além de relações sexuais sem proteção.

Para prevenção da doença, os postos de saúde disponibilizam a vacina contra hepatite B, para crianças e jovens até 20 anos de idade, em 3 doses.

Hepatite C

Entre os principais tipos de hepatites virais, ainda tem o tipo C, que apresenta a maior probabilidade de tornar-se um problema crônico. Confira as estatísticas:

  • Apenas 20% das pessoas com hepatite C conseguem eliminar o vírus nos seis primeiros meses

  • 80% dos infectados terão a hepatite C crônica, podendo desenvolver quadros de cirrose, icterícia, inchaço, alterações no sangue e câncer no fígado.

  • As formas de contágio são semelhantes às dos tipos B e D.

Hepatite D

Por fim, ainda tem a hepatite D que pode ser desencadeada apenas em pacientes portadores do tipo B.

As maneiras de contágio são as mesmas, entretanto, o vírus da hepatite D só se manifesta se a pessoa já estiver contaminada pelo tipo B.

Saiba mais:

Saiba qual é o melhor método de prevenção das hepatites virais

Para se prevenir das hepatites virais, é importante seguir as principais recomendações dos especialistas, como:

  • Não compartilhar agulhas, seringas ou objetos cortantes

  • Não dividir copos, pratos e talheres com outras pessoas

  • Só frequentar salões de beleza em que navalhas e alicates sejam bem esterilizados

  • Caso queira fazer tatuagens, piercings ou até uma sessão de acupuntura, é fundamental realizar em ambientes estéreis e seguros, com materiais descartáveis ou estéreis.

  • Vacinação

Você pode se interessar por:

Conheça a Vip Imune

Agora que você já sabe as principais características das hepatites virais, é importante conhecer uma instituição de confiança para a vacinação contra esse tipo de enfermidade.

Neste caso, a Vip Imune Clinica de Imunizações foi idealizada e planejada com a proposta de atuar na imunização familiar e corporativa, agregando valor, qualidade e informação a todos.

Contamos com uma equipe qualificada e atenciosa na área de imunização e com profissionais experientes, o que resulta em um atendimento humanizado e completo para todas as pessoas, desde bebês até terceira idade.

Entre em contato com os nossos profissionais e programe sua vacina!