20 set 2021

Conheça os dados que norteiam a ansiedade infantil, saiba como identificar os sinais e a recomendação para tratamento

Assim como nos adultos, a ansiedade infantil também é caracterizada por problemas emocionais que podem causar prejuízos na vida de uma criança.

Nesse sentido, de acordo com dado divulgado pela cartilha Ansiedade em crianças – Um olhar sobre transtornos de ansiedade e violências na infância

, aproximadamente 20% das crianças no mundo têm problemas de ansiedade.

Não muito diferente dos adultos que desenvolvem a enfermidade por problemas como estresse no trabalho, separação conjugal ou de ordem financeira, por exemplo, as crianças também têm crises de ansiedade após episódios de separação dos pais, mudanças abruptas em seu cotidiano ou até morte de um ente querido.

Diante deste cenário, preparamos esse conteúdo sobre como identificar os sintomas de ansiedade infantil e os melhores métodos para o tratamento. Confira!

Leia também: Setembro amarelo: como identificar sinais de que uma pessoa precisa de ajuda

Saiba como identificar os sintomas de ansiedade infantil

O primeiro ponto para identificar sinais de ansiedade infantil é ficar atento ao comportamento da criança após episódios de grande impacto emocional, como a separação conjugal dos pais, por exemplo.

Entretanto, além disso, as crises de ansiedade infantil podem acontecer mesmo sem um grande acontecimento. Por isso, é importante observar os seguintes indícios:

  • Crises de choro inexplicáveis

  • Sustos durante o sono que despertam a criança

  • Reações inesperadas diante de situações do dia a dia

  • Alterações repentinas de comportamento e nos hábitos alimentares

  • Apego exagerado com um dos pais

  • Medos sem sentido aparente

  • Diminuição do rendimento na escola

  • Dores de cabeça e tonturas sem motivos aparentes

  • Retração social

Saiba mais: Vacina da gripe: tudo o que você precisa saber!

Conheça quais são os tratamentos recomendados

Ao perceber a continuidade desses sintomas por período considerável, é fundamental buscar ajuda profissional, mais precisamente de um psicólogo, para avaliar o quadro da criança.

Desta maneira, é possível obter o diagnóstico precoce e iniciar o tratamento com medidas mais brandas, mas ainda assim eficazes, como:

  • Orientação aos pais e criança

  • Conscientização familiar

  • Estímulo ao aumento de autonomia e competência da criança

  • Consultas regulares para observar a evolução do quadro de ansiedade infantil

Você pode se interessar por: Calendário vacinal desatualizado: quais são os riscos?

Conte com a Vip Imune

Agora que você já sabe como identificar os principais sinais de ansiedade infantil, bem como a recomendação de busca por um profissional da psicologia para o tratamento, é importante também manter outros aspectos da saúde da criança em dia, como o calendário de vacinação.

Para isso, é importante contar com instituições sólidas e experientes como a Vip Imune Clinica de Imunizações.

Temos como proposta atuar na imunização familiar e corporativa, agregando valor, qualidade e informação a todos.

Para isso, contamos com uma equipe qualificada e atenciosa na área de imunização e com profissionais experientes, o que resulta em um atendimento humanizado e completo para todas as pessoas, desde bebês até terceira idade.

Entre em contato com os nossos profissionais e programe a vacina da sua família!